sábado, 8 de outubro de 2011

DICAS PARA PESCARIA DE DOURADO, JAÚ E PINTADO NA REPRESA CORUMBÁ IV

       Caro amigo pescador aqui vai algumas dicas para você que quer pescar ou já foi a represa do rio Corumbá IV e voltou chupando dedo, coisa que é muito difícil de acontecer.
       Como sabemos, todo lugar requer um tipo de pescaria, malícia, conhecimento e paciência. Assim, na primeira edição do mês de outubro foi postado algumas características da represa Corumbá IV, e nela podemos perceber que das mais diversas espécies encontradas na represa, estão as mais sonhadas pelos grandes pescadores que são: O Dourado, o Jaú, o Pintado, etc.
       Assim então, resolvi deixar aos amigos pescadores algumas dicas, começando pelo tipo de Lua que influência e muito na pescaria. Fiz grandes capturas na represa e essas aconteceram com mais frequência na lua cheia e minguante, outro fator que favorece e muito a captura dos gigantes é o tipo de isca que você vai usar, procure sempre saber sobre os peixes em que sonha capturar essa já é uma grande vantagem, a outra é conhecer o hábito dos peixes da região, procure saber qual o tipo de espécies de peixes existentes no local e que servem de comida para os famintos.
       Nas capturas que fiz utilizava sempre Lambaris, Piaus e Tuviras. Claro que o que importa é anzol iscado dentro d´água, esse sim arrisca uma grande fisgada. rsrsrsrsr  Tentei outros tipos de isca como o Minhocuçu e o Muçum, não tive ação e perdi dinheiro por serem iscas caras, agora quando acabava as iscas o jeito era se virar com o que o lugar proporcionava e numa destas isquei uma tilápia pega no local e tive a felicidade de amarrar um até simpático sr. Dourado de 7,250kg, viram! O importante e ter força de vontade, garra e perseverança.
       Agora sim é hora de montar a tralha, no seu equipamento não poderá faltar anzol, boias e muita linha, o anzol que utilizo é o single hook com olho largo nº 2, pois ele facilita o movimento da isca.
       O tipo de vara geralmente é em torno de 30 a 40 lbs e linha de 0,60mm a 0,80mm, tomando sempre o cuidado com as linhas muito chamativas, dependendo de como estará a cor da água, a boia é utilizada para que a isca fique um pouco mais visível para o ataque e para que o pescador não corra o risco de toda vez enroscar seu anzol.

Importante: Fique atento aos locais onde a grande presença de peixes, como em um pesqueiro, sempre nestes locais a maior chance de captura do Dourado e Pintado. Segue abaixo imagem de peixe capturado na represa, um grande abraço, ótima pescaria e muita paciência.


Um comentário:

  1. Oi
    já usou uma carretilha igual essa? http://www.tucunarepesca.com.br/shimano17
    O que acha?

    ResponderExcluir

APRENDA A FAZER O SEU NÓ DE PESCA TAMBÉM

NÓ ALBRIGHT

NÓ ARBOR
NÓ DE SANGUE
NÓ DOPPLER LOOP
NÓ CLINCH REFORÇADO
NÓ NAIL
NÓ PALOMAR
NÓ PERFECTION
NÓ RAPALA
NÓ SNELL
NÓ SURGEON
NÓ TRILENE
NÓ UNICO